Blog Notícias Planejamento

As fronteiras do Chile estão abertas para brasileiros?

Por Juliana Noronha

Nesse post explicamos como está funcionando todo o plano de retomada e se as fronteiras do Chile estão abertas para brasileiros.

As fronteiras do Chile estão abertas para brasileiros? Essa é uma das perguntas que mais recebemos desde que o Governo chileno decretou o fechamento das mesmas.

E desde que o coronavirus começou a circular por entre as regiões do país, ainda lá no mês de março, o Governo decretou uma série de medidas para tentar conter e aumentar a rastreabilidade do vírus.

Tais medidas vem sendo seguidas desde então, seja com a quarentena total para evitar a circulação entre regiões do Chile ou com o fechamento de fronteiras impedindo a entrada de estrangeiros.

Por isso, resolvemos criar esse post onde vamos atualizando conforme surgirem novidades sobre o fechamento ou liberação das fronteiras chilenas para brasileiros.

Plan Paso a Paso | COVID 19 Chile

Antes de qualquer coisa, é preciso entender que o Governo chileno estabeleceu um plano de retomada muito coerente até então, onde avaliava cada cidade de forma isolada para definir o status em que a mesma se encontrava.

O plano paso a paso conta com 5 estágios:

  • Quarentena
  • Transição
  • Preparação
  • Abertura inicial
  • Abertura avançada

E cada um desses estágios tem permissões e restrições específicas.

Dessa forma, os moradores das cidades que estiverem na fase 3 (preparação) em diante podem circular entre essas regiões. Já os que estão na fase 1 (quarentena) e 2 (transição) ainda não podem trasladar.

Vale ressaltar que se um morador está na fase 3, apesar de já ter o direito de se locomover entre regiões, a locomoção não pode ser feita para regiões em fases abaixo (1 e 2). Exceto, claro, se o mesmo possuir um salvo-conduto.

A situação de cada comuna, que é o termo utilizado pelos chilenos, é analisada pelo menos quinzenalmente, podendo avançar para a próxima etapa ou retroceder.

Atualmente, novembro de 2020, não tem nenhuma comuna que já esteja na última fase. E são quase 30 as que ainda estão na fase de quarentena, que é a mais crítica.

Dentre os destinos que operamos (Santiago e San Pedro de Atacama) as comunas estão entre a fase 3 e 4. Isso quer dizer que o turismo já está habilitado nessas regiões? Depende e vamos explicar melhor depois.

As fronteiras já estão abertas para brasileiros?

Não, as fronteiras do Chile ainda não estão abertas para brasileiros e nem para nenhum outro turista estrangeiro.

No entanto, na manhã dessa terça-feira (10/11), um grande veículo de comunicação chileno, o jornal La Tercera anunciou que as fronteiras chilenas deverão abrir no fim do mês de novembro.

Apesar dessa notícia ter sido recebida com muito otimismo por parte da população e, principalmente por nós, agências de turismo, é preciso ressaltar que o decreto oficial ainda não foi publicado. Atualizaremos esse post tão logo tivermos a confirmação.

Agora é oficial. Na manhã do dia 12/11/2020, o Governo chileno publicou no Diário Oficial a data para a reabertura das fronteiras do Chile. Segundo a publicação, a partir da 00:00 do dia 23/11, o aeroporto estará habilitado para o trânsito de turistas estrangeiros.

De qualquer forma, o noticiário informou que, nesse primeiro momento, a abertura da fronteira chilena seria limitada apenas à fronteira aérea.

Na publicação foi informado também que apenas a fronteira aérea será reaberta. O fechamento das fronteiras terrestres foi estendido por mais pelo menos 15 dias.

Ou seja, o viajante precisará entrar no país pelo Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benitez. Para os viajantes que estavam planejando visitar o Chile de carro, terão que esperar mais um pouco, pois as fronteiras terrestres chilenas ainda estão fechadas.

Quais são os requisitos necessários para viajar para o Chile?

Já era esperado que o Governo estipulasse algumas medidas restritivas para o ingresso de estrangeiros no país quando a fronteira fosse liberada.

Mas, para nossa surpresa, as medidas para entrar no Chile não estão tão exigentes assim. Inclusive, será permitido o ingresso de turistas independente da situação epidemiológica do país de origem e não precisará ficar de quarentena.

O que você precisa para viajar ao Chile durante a pandemia é:

  • Declaração jurada: será entregue antes do embarque, para que o viajante preencha com informações de origem e destino, estado de saúde e presença de sintomas (ou pode ser preenchida eletronicamente pelo site com até 48h de antecedência do embarque.
  • Teste PCR negativo com no máximo 72h desde a hora da coleta da amostra até o embarque do voo com destino final Chile. O teste precisará ser feito em laboratório reconhecido pela autoridade sanitária local (ANVISA).
  • Seguro viagem que cubra despesas relacionadas ao COVID. Você pode pesquisar o melhor custo benefício nesse site aqui

De 23/11 a 07/12 todos os viajantes que desembarcarem em Santiago e que façam parte dos países da lista divulgada pela OMS de transmissão comunitária precisarão fazer quarentena de 14 dias, independente do resultado negativo do teste.

Você pode conferir o documento na integra com todos os protocolos para a abertura da fronteira do Chile aqui.

Mas com a abertura das fronteiras poderemos viajar para qualquer lugar do Chile?

Lembra que expliquei sobre o plano Paso a Paso do Governo? Então, da mesma forma que os residentes só podem se locomover entre as comunas que estejam na fase 3 em diante, o mesmo acontecerá com os turistas que ingressarem no país após a reabertura das fronteiras do Chile.

Inclusive, ao chegar ao aeroporto de Santiago você precisará se atentar em relação a localização do hotel escolhido, para que o mesmo esteja localizado em uma comuna de fase 3.

Aproveito para já compartilhar o mapa com a divisão das comunas de Santiago para que você possa pesquisar o estágio atual. A imagem foi extraída do site Delagación Santiago.

O turismo no Chile já está habilitado?

A primeira questão avaliada é a fase do plano Paso a Paso que o seu destino está. Para ter qualquer movimentação turística, como já mencionamos outras vezes aqui, é preciso que a comuna esteja pelo menos na fase 3.

Antes disso os restaurantes em sua maioria não estarão abertos, tampouco hotéis e atrativos turísticos.

Como não temos como manter a situação turística de todos os destinos do Chile atualizados, vamos falar especificamente de Santiago e San Pedro de Atacama que são os destinos que vendemos os passeios atualmente e que temos total propriedade para falar e ajudar os viajantes.

Os passeios já estão funcionado em Santiago?

Como a região metropolitana de Santiago é muito grande, seus atrativos estão espalhados por entre várias comunas.

De maneira geral, a parte central e turística de Santiago já está bem preparada para receber turistas estrangeiros, mesmo porque o turismo interno já está acontecendo.

Exemplo disso é que o Parque Farellones e alguns centros de ski já estavam em funcionamento muito antes de se ventilar a ideia de abertura das fronteiras. Fora isso, o Shopping Costanera, os parques Metropolitano e Bicentenários e vinícolas já estão habilitados também.

Obviamente, todos precisam respeitar as medidas de segurança implementadas pelo governo para tentar conter a propagação do virus.

Mas o que podemos concluir disso é que sim, muitos passeios em Santiago já poderão ser realizados quando de fato as fronteiras abrirem.

Os passeios já estão funcionando no Atacama?

Diferentemente de Santiago, o Atacama vem em uma retomada mais lenta no que diz respeito ao turismo, ainda que seja o turismo interno.

90% dos atrativos do Atacama são parques administrados pelas comunidades indígenas locais. Então, mesmo com a liberação do Governo permitindo esse deslocamento turístico interno, as comunidades não se sentiram confortáveis para retomar as atividades.

Como já era de se esperar, principalmente levando em conta os 8 meses fechados, as agências locais, hoteis e restaurantes estão pressionando de forma pacífica para que flexibilizem a abertura, mas ainda não tem nenhuma previsão..

Ou seja, mesmo que as fronteiras do Chile abrissem hoje para turistas, muitos dos passeios ainda não estariam habilitados no Atacama.

Sendo assim, é possível chegar no Atacama, inclusive já tem hotéis e restaurantes prontos, e ansiosos, para receber os turistas brasileiros, mas os principais passeios como Valle de la Luna, Lagunas Altiplanânicas, Geysers entre outros ainda estão fechados.

Por enquanto são essas as informações mais atualizadas que temos a respeito do turismo e da reabertura das fronteiras chilenas.

Se você ainda tiver dúvida em relação ao planejamento da sua viagem para o Atacama ou Santiago, é só entrar em contato com a nossa equipe.

Estamos aqui na torcida para que tudo se regularize o quanto antes e que possamos retomar os passeios com tranquilidade e segurança, é claro.


Baixe grátis - Planilha de Planejamento de Viagem

Planejando viajar? Criamos uma planilha supercompleta para você se planejar!

Baixe agora

event_available Viaje até o fim de 2021 com reagendamento e cancelamento flexíveis!